As vantagens do Motion Design

As vantagens do Motion Design

Na comunicação audiovisual, o motion design ocupa um lugar especial. Ao mesclar princípios do design, cinema e animação, esta técnica está presente em praticamente todos os lugares hoje em dia – desde aberturas de séries e filmes, vídeos explicativos, vinhetas, logo reveals, treinamentos, videoclipes, etc. Mas, como e por que o motion se tornou essa tendência que é hoje? Vamos discutir isso neste post.

Um meio atrativo para o espectador

O motion tem o poder de, quando bem feito, ser extremamente atraente visualmente. É capaz de fisgar a atenção do espectador com elementos gráficos e movimentos elegantes, com esquemas de cores harmônicos e texturas que dão volume.

Uma característica convencional dessa linguagem é o ‘plano-sequência’: a fusão contínua e criativa das formas e movimentos de câmeras que não param em detrimento de cortes secos. Isso implica que algo sempre está se movendo na tela, o que, na medida certa, é essencial para manter o público engajado na mensagem do vídeo.

Extremamente flexível

Dentro do mundo do motion, as possibilidades estéticas são enormes. É possível escolher um estilo mais flat, com cores sólidas e pastéis; preferir um 3D estilizado ou ainda seguir para o lado da colagem e outras técnicas que usam fotografias e vídeos em seus desenvolvimento.

Obviamente, certas técnicas são mais custosas e tecnicamente mais desafiadoras que outras, mas é possível encontrar a linguagem certa para cada projeto – em termos de estética e orçamento. Além de tudo, o motion é capaz de passar diversos tipos de mensagens complexas em curtos períodos de tempo, algo essencial nos dias de hoje.

Custo relativamente mais viável do que de outros formatos

Como já foi dito anteriormente, o orçamento de uma peça de motion varia bastante conforme as técnicas aplicadas e a complexidade desejada.

Porém, não há dúvida que no geral, seu custo financeiro é mais viável em relação a outros tipos de produção audiovisual, que podem envolver filmagens em locações, atores, equipamentos e diversos profissionais.

Em seu nível mais básico, uma peça de motion pode ser feita por apenas um profissional, mas é claro que este profissional precisa ter um repertório estético apurado, com conhecimento das técnicas e compreensão da maneira mais eficiente de transmitir a mensagem desejada pelo cliente. Em resumo, ele precisará dedicar o seu esforço em pesquisa, pré-produção e desenvolvimento da peça. Um trabalho e tanto.

É isso! Precisa desenvolver um vídeo e passar uma mensagem para seu público? Uma peça de motion pode ser a solução! Fale com a gente!

No Comments

Post A Comment

Open chat
Powered by